A Nota Fiscal eletrônica substitui as notas impressas e é considerada um instrumento positivo tanto para o governo quanto para as empresas.

A emissão da nota  eletrônica ajuda a reduzir a sonegação e facilita a fiscalização, além de eliminar os gastos com papel, impressão e armazenamento.

Em resumo, emitir a nota fiscal eletrônica é uma maneira de diminuir custos operacionais, fortalecer o comércio eletrônico, preservar o meio ambiente e garantir um controle maior por parte do governo.

Mas afinal, existe emissor gratuito de notas fiscais?

Sim, existe um emissor gratuito de notas fiscais que é oferecido pelo governo, por meio de uma parceria entre a Sefaz e o Sebrae.

Para fazer o download, acesse o portal do Sebrae clicando  aqui .

Existem também outras alternativas de sistemas de emissão online gratuitos, mas nossa recomendação é que você tenha um sistema mais completo e a seguir você entenderá o porque.

Mas ao comparar as alternativas de emissão de notas fiscais, é possível encontrar muitas vantagens em plataformas de gestão integradas, como a Conta Azul, Bling, e muitos outros:

  • Maior facilidade de emissão de notas
  • Integração total com o seu contador
  • Envio de notas para os clientes por e-mail
  • Suporte a grande parte dos tipos de notas de produtos (compra, venda, remessa, retorno, etc)
  • Aceleração de rotinas da empresa
  • Automatização dos fluxos de venda e contas a receber
  • Integração com faturamento, cobrança, estoque e todas as áreas da empresa.
  • Controle de Estoque para produtos vendidos online

Ao verificar os custos benefícios dessas soluções integradas, notamos que os clientes que acabam optando por emissor gratuito, sempre acabam tendo de 2 a 3 tipos de sistemas diferentes e que os sistemas não se conversam, gerando duplicidade de informações e retrabalho.

A nossa recomendação ao empresário que quer crescer é que ele invista em ferramentas, seja elas na nuvem ou interna. Investir é necessário, comece com aplicações mais enxutas, e com o crescimento da empresa, expanda.